quarta-feira, 11 de junho de 2014

Quarta Publicação: Como funcionará o partido.

LINHAS INICIAIS de IDEAIS de um PARTIDO do POVO no PODER;
Essa foi a quarta publicação datada de 26 de outubro de 2013: 

COMO FUNCIONARÁ O PARTIDO INTERNAMENTE.

Formação de partido com membros com livre arbítrio para agir conforme sua Consciência, Cristão ou não, Capitalista ou não.


        Nosso partido será muito diferente de todos os demais partido no Brasil, a ideia é realmente conseguir fazer um partido DIFERENTE, que traga ao cidadão prazer em participar da política. O sonho é que o partido possa crescer e conseguir mudar a forma como os partidos brasileiros funcionam. Nós teremos os princípios básicos estabelecidos numa espécie de 'constituição' do partido, esses princípios em seu sintético será de forma IMUTÁVEL, e para alterar qualquer palavra no seu analítico somente será possível por meio de votação geral de todos os filiados do partido. Garantindo assim o poder do partido na mão do povo filiado. Deste forma esperamos um crescimento consistente, o quanto os brasileiros desejarem e se engajarem na nossa proposta.

        Os princípios básicos do partido na sua forma sintética são: Que o partido seja de DIREITA e que defenda a Ordem, o Trabalho, a Liberdade, a Propriedade, a Democracia, a Família e a Religião e que faça tudo internamente por meio de votação livre entre os membros; Chega de caciques, pessoas e partidos de aluguel, onde seus membros são castrados de suas consciências e dirigidos por líderes opressores da liberdade e direitos da maioria. Tudo no partido será por votação de maioria que será formada internamente, com bases nacionais, estaduais e locais; Por meio de pessoas que estejam dispostas a comparecer, liderar e votar nos processos internos, porque a liderança do partido será espontânea Brasil afora. Essa será a 'constituição' básica e imutável do partido.        

        Como já publicado o partido terá como bandeira a liberdade e o livre arbítrio, liberdade como forma de governar tanto o partido como o país, e livre arbítrio como forma de seus filiados agirem com suas consciências, ao longo do tempo e nas suas tarefas para transformar a nação. Os filiados serão sempre convocados caso o partido necessite fazer alguma alteração na parte analítica de sua 'constituição", porque a parte sintética será IMUTÁVEL.  Esse documento que será constituído será desenvolvido e aprovado somente em assembléia de filiados, pois qualquer alteração ao longo do tempo, somente se estiver de acordo com a parte sintética da primeira publicação dos princípios básicos do partido.

        Após cadastro de interessados em fazer parte da fundação do partido e durante este processo ocorrerá normalmente os debates e a constituição natural dos documentos necessários para cumprir a 'constituição' e o registro do partido. Esta constituição será definida em seus detalhes pelos afiliados mantenedores do partido e será aprovada em votação pelos filiados após o partido registrado e em pleno funcionamento. Todos os afiliados poderão serem livres de qualquer ônus financeiro. Devendo apenas os mantenedores se alinhar internamente como mantenedores, se desejarem votar a constituição definitiva do partido, bem como as prévias e as decisões internas do partido; Todos os afiliados tem o direito de se filiarem após o registro do partido. Fica claro que após o registro do partido os afiliados se tornarão FILIADOS e teremos então os filiados livres de ônus e os filiados mantenedores; Sendo que aos livres fica mantido o direito e dever de participar nas votações relacionadas a 'constituição' do partido e os mantenedores fica mantido o direito e dever de participar nas votações internas relacionadas ao funcionamento do partido, bem como nas votações relacionadas a 'constituição' do partido.
        
       A liderança do partido será formanda entre os interessados durante o processo de formação do partido. Esse interessados poderão ser tantos o povo em geral, como os políticos interessados em participar da legenda. Claro eles não poderão se filiarem de forma definitiva no partido a não ser após as eleições de 2014, mas poderão participar como povo afiliado ao sistema que vai recolher os cadastros para a formação do partido. Todas as lideranças locais, estaduais e federais do partido vão surgir de forma espontânea entre as pessoas que se afiliarem ao sistema e participarem ativamente dos debates para a formação do partido. Fica claro que o partido não terá qualquer verba pública de qualquer órgão público para financiar o seu funcionamento, pois isso está de acordo com a legislação atual. Somente terá direito a qualquer dessas verbas após conseguir se firmar como partido político, portanto aos filiados mantenedores do partido ficará a responsabilidade financeira de contribuir mensalmente em valores ínfimos, mas de forma constante.

Essa foi a quarta publicação datada de 26 de outubro de 2013.
Veja mais publicações diversas no blog geral Partido de Direita: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário